DNA

Contextura é uma marca sul-brasileira de moda ética com filosofia slow fashion. Nós projetamos nossas peças através de processos artísticos para que se estabeleçam novas relações no vestir. Tendo como base o uso de matéria-prima reciclada (PET) e as texturas como fonte de inspiração, todos nossos designs são originais, atemporais e oferecidos em edições limitadas. A Contextura nasceu como uma empresa de investigação têxtil para moda sustentável, em 2010, sendo as duas sócias/designers pesquisadoras em universidades, que trabalham a aplicação das teorias na prática.

O produto de moda feminina e genderless é gerado por processos de design para desenvolvimento sustentável (slow design, design para empatia, design para o artesanato, design para a inclusão social, design para a participação do usuário, design para o comportamento sustentável, design estratégico, design circular etc.)
Ao longo de 7 anos da marca foram testadas as principais estratégias para moda sustentável. Hoje as estratégias que permanecem em uso no design de moda da Contextura são: o zero waste, o upcycling e impressão por sublimação.

O upcycling é desenvolvido através do reaproveitamento de resíduos têxteis da própria confecção com técnicas produtivas de colagem têxtil ecofriendly para embelezamento de superfícies de tecidos, gerando novas texturas táteis. O zero waste é colocado em prática em modelagens inteligentes e com a otimização de recursos com a técnica de corte a laser. As texturas visuais são criadas a partir de fotografia artística com impressão digital por sublimação, que tem se demonstrado alto nível de eficiência ecológica de estamparia têxtil, pois é um processo seco. A Contextura usa tinta sublimática com selo internacional Oeko-Tex, certificando não ser prejudicial à saúde.
A principal matéria-prima usada são malhas PET de alta qualidade, fabricadas em nosso entorno, com tecnologia têxtil de última geração, proporcionando conforto e bem-estar nos clientes porque apresentam ótima percepção sentida sobre a pele, respirabilidade, facilidade na lavagem e manutenção (secam rápido, dispensam uso de amaciantes e passadoria) e versatilidade no uso.

Os lenços e echarpes, assim como alguns vestidos são desenvolvidos com tecidos de poliéster de alta qualidade com toque de seda. Os acessórios colares são realizados em parceria com a Escola Convexo, um projeto social de apoio a mães de crianças pobres de escola localizada na periferia de nossa cidade, Porto Alegre, RS, Brasil.
Os ciclos produtivos da Contextura, visam sempre o zero waste e quase todo resíduo é usado no embelezamento das roupas, confecção de acessórios (joias têxteis, colares, echarpes, bolsas, sapatos etc.) ou compartilhamento com outras empresas e ONGs. Mas quando ainda restam resíduos de pré-produção (retalhos, fios, etc.) esses são utilizados em obras de arte do tipo pintura matéria e arte residual através da filosofia do upcycling. Algumas obras têm sido mostradas em exposições importantes em galerias e no Museu de Arte de nossa cidade, na Art Venice Bienale 3 e na Boston Biennial 4.

Atualmente, a Contextura está trabalhando o design para a circularidade, estendendo os ciclos de vidas dos produtos e matérias-primas, dando novos usos para os mesmos e fomentando a economia local.
Recentemente assinou o compromisso para acelerar a transição para um sistema de moda circular, participando do Global Fashion Agenda 2020, do Copenhagen Fashion Summit 2017.